Posts Tagged ‘Replace’

h1

O clipe de Ponto de Paz =]

10 de fevereiro de 2010

O clipe tá totalmente Phodástico, isso sem contar que a música é linda e o P.A o Vine e o Caio estão lindossss! > Amooo o Caio

Xau, vou desliga o Pc pq parece que vem uma chuva loka por aí >>Medoooooo ! \o/
Se eu não morrer volto amanhã =D Xau :*

Anúncios
h1

Entrevista com Replace

26 de janeiro de 2010


1 – Como surgiu a banda ? Quais os 5 garotos que formam a Replace?

P.A. : A banda começou em Setembro de 2006 com o Caio e mais 2 guitarristas que não fazem mais parte da banda. Eles já haviam tocado em outras bandas antes do Replace, que não deram certo. Com este sentimento de redenção, veio a série de videos no Youtube “Onde foi que eu errei”, que é um registro da banda, desde os primeiros ensaios.

O Replace hoje é: Beto: Vocais, P.A: Guitarra e Backing vocals, Vine: Guitarra, Koala: Baixo e Caio C.: Batera.

2 – Até agora foram lançados algumas musicas na internet. Há previsão para o lançamento do CD ? Como esta o processo ?

Koala: a gente tá finalizando agora o CD que começamos a gravar em Maio, foram gravadas 12 músicas, agora só falta terminar a mixagem, estamos finalizando a arte do cd e logo ele vai pro forno, esperamos lançá-lo na segunda semana de dezembro.

Todas as músicas estão sendo bem cuidadas, bem trabalhadas e cada uma tem uma levada especial, a assinatura de alguém da banda carregada no som.

3 – Quais as principais bandas que influenciam vocês no som que faz?

Koala: No começo da banda as maiores influências eram bandas como Fall Out Boy, Blink 182, Red Hot, Motion City Soundtrack, Garage Fuzz, Dead Fish, Street Bulldogs e por aí vai, hoje em dia cada um escuta uma coisa diferente, eu gosto mais de hip hop underground nacional, harcore, pop/punk e reggae, mas cada um tem como influência um estilo de banda diferente.

4 – Como são feitas as composições de onde vem a inspiração das letras?

BETO – A maioria das letras sou eu quem escreve, tento falar sobre assuntos que outras pessoas possam se identificar,de uma forma bem simples, mas que ao mesmo tempo, se tornam pessoais. Normalmente, tenho inspirações em lugares bem estranhos (risos).
5 – Em qual categoria do subgênero no rock vocês se definem?

P.A. : Essa é dificíl…Digamos que o nosso som passeia entre o Pop e o Alternativo. Que é o reflexo da mistura de influências de cada um.
6 – A internet esta sendo um ponto certeiro para abrir caminhos, qual a relação de vocês com ela?
Caio C. – Nós temos uma relação de puro amor com a internet. Haha.
Graças a ela conseguimos todas as conquistas da banda até agora, foi atráves dela que fomos selecionados para tocar na banda antes da MTV, que conhecemos as meninas que hoje fazem parte do nosso Fã Clube e do Street Team da banda e por ai vai…
Sempre tivemos uma postura muito correta quanto a como divulgar nosso som pela net, somos totalmente contra spam e procuramos acima de tudo criar vínculos de amizade com as pessoas, felizmente muitas dessas pessoas passam a acompanhar a banda depois de um tempo.
7 – Como a Replace “luta” pra se manter no cenário independente ?
Caio C. – Qualquer um que está nesse meio sabe da dificuldade para se manter. Acredito que isso não aconteça apenas no cenário independente, mas também em diversas áreas, você precisa lutar para se manter, seja em uma empresa multinacional ou com uma banda.
Para isso procuramos sempre inovar, criar vínculos reais com as pessoas que nos dão apoio e o mais importante, trabalhar, trabalhar muitooo… é a melhor maneira para crescer sem depender de ninguém. Posso afirmar que tudo que temos é fruto do que plantamos todos os dias. (não, eu não sou jardineiro.)

8 – Quando vocês estão no palco qual a mensagem que passam para as pessoas que estão escutando suas musicas?

Beto – A mensagem é, “esqueça seus problemas por alguns minutos, e se divirta”, tudo isso com muita empolgação e interação com o público, coisa que ja virou
uma característica da banda.
9 – Se uma gravadora chamasse vocês para fazer um Split tocando músicas de outra banda com qual banda gostariam de fazer?

Vine: essa é meio difícil de responder, porque cada um aqui curte uma coisa diferente, ai fica dificil de definir apenas uma banda. Uma banda que eu gostaria de fazer um split é o Senses Fail.

10 – Quais as novidades da banda o que tem planejado para um futuro não distante?

Vine: Como alguns já sabem, agente acabou de gravar nosso primeiro cd, e estamos fazendo a pré-venda dele no site http://www.replacemusic.com, logo menos o cd sai, junto com outras novidades, então não deixem de entrar sempre no nosso fotolog, comunidade do Orkut e no site para saber das noticias!

Manda um recado pra galera ai :
Queriamos muito agradecer a cada pessoa que ajuda a banda, seja ouvindo o som, indo em todos os shows possíveis, falando da banda pros vizinhos, pro cachorro dos vizinhos e pros vizinhos dos vizinhos… A força dessas pessoas é o que nós motiva a trabalhar tanto! E valeu pelo espaço Cesinhaaa!

Fonte: Cesinha – Entrevista

h1

Replace =]

29 de dezembro de 2009


Provavelmente você já conhece ou ouviu falar da banda Replace. E, se você gosta deles como eu, leia a entrevista abaixo emais importante: entrem no myspace deles >>>>>>>> /replacemusic


>De onde surgiu o nome da banda?

Koala: A gente tinha marcado uma reunião para escolher e cada um ia dar a opinião de alguns nomes e Replace é o nome de uma música de uma banda chamada Garage Fã, que todo mundo gosta muito. Nós pegamos a lista e vimos Replace e todos falaram: é isso mesmo. Foi por unanimidade, ainda mais pelo sentido da palavra, que é “substituir”. A gente não queria ser só mais uma banda.

Beto: Os outros nomes da lista eram horríveis.

Qual é o estado civil de vocês? Acontece de ficar com fã em apresentações da banda?

(Todos riem)

Beto: Na verdade eu sou o solteiro do Replace, envie seus currículos para… MENTIRA! (risos). Eu sou o Beto, sou solteiro. O Vine é um menino que namora muito sério. O Caio também é um solteiro muito sério.

Caio: Eu sou um solteiro muito sério? (risos)

Beto: O Ko também namora, o P.A está até bonito de aliança.

Caio: Que além de cair, ele também namora. (risos de todos)

Beto: Sempre rola essa pergunta de “vocês namorariam uma fã”. Na minha minha opinião, fã para mim é uma pessoa normal. Se eu me interessar por uma fã, eu ficaria com ela numa boa, até namoraria. Porque ela não deixa de ser uma pessoa normal como eu.

Caio: Peraí, você não é normal. (risos)

Vocês sabem diferenciar uma fã de uma poser, de uma groupie?

Todos: Poxa, é meio fácil…

Caio: A gente sabe quando a pessoa é fã, quando gosta da banda mesmo, seja pelo jeito dela ou a gente já ter visto na internet. Quando a menina é groupie você vê que a pessoa nem sabe com quem ela está falando direito, ela só sabe que você está no camarim, então você é de alguma banda. É totalmente diferente.

Vine: Poser é uma fã que chegou agora, é uma coisa que o pessoal tem de falar que alguém está ouvindo uma banda que você já curtia desde o começo. É uma fã nova, eu acho, que, como uma fã antiga, ela tá ali para curtir o trabalho.

Koala: As groupies são muito conhecidas, nós sabemos quem são vocês.

MAIS AQUI